Boas Festas!

Boas Festas!

Brasil teve mais de 1.000 emplacamentos de carros elétricos em junho

No 1º semestre de 2022 foram vendidos 3.395 veículos elétricos no país, com uma participação de 16,6% entre os eletrificados
Imagem de Paul Brennan por Pixabay

Em crescimento constante, as vendas de carros eletrificados (elétricos + híbridos + híbridos plug-in) no Brasil bateram um novo recorde no primeiro semestre de 2022. O destaque foi o aumento expressivo na participação dos carros elétricos a bateria (BEV), que neste 1º semestre de 2022 já superaram os emplacamentos de todo o ano passado.

Segundo os dados levantados pela ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), foram vendidos 4.073 veículos leves eletrificados em junho (o segundo melhor mês da série histórica), totalizando nada menos do que 20.427 unidades no primeiro semestre de 2022. Os números do semestre representam um crescimento de 47% sobre o mesmo período do ano passado.

Considerando os ótimos resultados de junho, a frota nacional de leves eletrificados (HEV, PHEV e BEV) chega a 97.569 veículos, devendo superar a barreira dos 100.000 ainda em julho.

Carros elétricos

Destaque entre os eletrificados, os carros 100% elétricos (BEV) tiveram 3.395 emplacamentos no semestre, ou seja, 19% a mais do que a soma das vendas de todo o ano passado (2.851), um crescimento puxado em grande parte pelos veículos comerciais leves, como vans, picapes e furgões.

Foram 1.089 veículos elétricos vendidos apenas em junho, um número que representa 27% do total de modelos eletrificados emplacados no mês passado (4.073). Destes, 482 foram veículos comerciais leves 100% elétricos – 44% do total de BEVs comercializados no mês.

Vendas por tipo (HEV, PHEV, BEV)

Considerando o tipo de propulsão, as vendas de veículos leves eletrificados tiveram a seguinte distribuição em junho:

  • HEV (híbrido): 1.972 – 48% de participação
  • PHEV (híbrido plug-in): 1.012 – 25%
  • BEV (elétrico a bateria): 1.089 – 27%

Os números mostram que o crescimento das vendas de carros elétricos a bateria no Brasil tem sido consistente, bem como sua participação no mercado de eletrificados:

  • 2020: 801 – 4% de participação
  • 2021: 2.851 – 8%
  • Janeiro/2022: 367 – 14,5%
  • Junho/2022: 1.089 – 27%
  • 1ª semestre: 3.395 – 16,6%