Menu

Associados

Vale reduz guidance de vendas de minério de ferro e pelotas em 2019

Imagem retirada de https://exame.abril.com.br/negocios/vale-paralisa-capacidade-de-828-mi-t-ano-de-minerio-apos-desastre/ Imagem retirada de https://exame.abril.com.br/negocios/vale-paralisa-capacidade-de-828-mi-t-ano-de-minerio-apos-desastre/

A Vale revisou para baixo suas projeções (guidance) para vendas de minério de ferro e pelotas em 2019. A faixa anteriormente prevista, de 307 a 332 milhões de toneladas, com a ressalva de que deveria se situar "ao redor do centro da faixa", passou para 307 a 312 milhões de toneladas, tendo em vista a previsão para o quarto trimestre deste ano, que deverá ficar entre 83 a 88 Mt. Para o primeiro trimestre de 2020 a expectativa é que produção e vendas fiquem entre 70 a 75 Mt, "em função da sazonalidade, do retorno gradual e seguro das operações e em linha com a estratégia de margem sobre volume", como informa em fato relevante.

Ao final se setembro, a mineradora já havia revisado o guidance, com expectativa que as vendas se situem ao redor do centro da faixa

Outra alteração de guidance se refere a produção de cobre em 2019, para 382 mil a 386 mil toneladas, "principalmente em função de parada não programada de manutenção na correia transportadora e do moinho de bola da operação do Sossego. A retomada da produção é esperada para meados de dezembro de 2019." A faixa anteriormente projetada era de 407 mil a 417 mil toneladas, como anunciada em agosto pelo diretor financeiro e de relações com investidores, Luciano Siani.

A companhia reitera que as projeções envolvem fatores de mercado que escapam a seu controle e, dessa forma, podem sofrer novas alterações.

fonte: Terra

Newsletter

Cadastre-se em nosso informativo e mantenha-se atualizado.

Associados