Carga de cobre avaliada em quase R$ 1 milhão é apreendida na Grande Fortaleza

Caminhão que transportava o material foi abordado pelos agentes da PRF no quilômetro 71 da rodovia BR-116, em Chorozinho.
O cobre tem um alto valor de mercado e é amplamente furtado por pessoas que retiram os cabos dos postes públicos e vendem no mercado negro. — Foto: PRF/ Divulgação

Uma carga com 24 toneladas de cobre, avaliada em quase R$ 1 milhão, foi apreendida em uma ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz) na noite desta segunda-feira (21), no município de Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Conforme a PRF, o material estava sendo transportado em um caminhão que foi abordado pelos agentes por volta das 19h30, no quilômetro 71 da rodovia BR-116.

Durante os procedimentos de fiscalização, o motorista apresentou uma nota fiscal que, ao ser consultada pelos agentes junto a Sefaz, verificou-se que a empresa emitente não existe no endereço informado pela nota e que a carga não poderia sair do estado do Ceará sem o recolhimento do imposto devido.

No veículo foram apreendidos 24.110 quilos de sucata de cobre, com valor estimado em R$ 987.304,50.

Diante das informações obtidas e dos delitos constatados, como transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal e falsidade ideológica, o veículo, o motorista e a mercadoria foram encaminhados pela Sefaz para a Polícia Judiciária.

A PRF destaca que o cobre é largamente utilizado em empresas de energia elétrica e, por ter um alto valor de mercado, é amplamente furtado por pessoas que retiram os cabos dos postes públicos e vendem no mercado negro.